Tipos de Câncer

Câncer de Cavidade Nasal e Seios Paranasais

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Bayer Janssen MSD Takeda Astellas UICC Libbs Abbvie Ipsen Sanofi Daiichi Sankyo GSK Avon Nestlé Servier


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Biópsia para diagnóstico do câncer de cavidade nasal e seios paranasais

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/10/2015 - Data de atualização: 16/07/2021


Biópsia é a remoção de uma pequena quantidade de tecido para avaliação em um laboratório da presença (ou não) de câncer. É a única maneira de confirmar o diagnóstico de câncer de cavidade nasal ou seios paranasais.

Muitas vezes, as biópsias são realizadas no consultório médico ou numa clínica. Se o tumor estiver localizado em uma área de difícil acesso, a biópsia é feita na sala de cirurgia. Vários tipos de biópsias podem ser utilizados para diagnosticar o câncer de cavidade nasal ou seios paranasais.

  • Punção aspirativa por agulha fina. A punção aspirativa por agulha fina (PAAF) é um procedimento rápido e pode ser realizado com anestésico local, embora normalmente não seja necessário. Na PAAF é utilizada uma agulha fina acoplada a uma seringa para aspirar uma amostra do tecido tumoral para análise. O material obtido é encaminhado para análise histopatológica. Este tipo de biópsia é realizado para verificar se o aumento dos linfonodos contém a doença.
     
  • Biópsia incisional e excisional. Esses são os tipos mais comuns de biópsias para tumores nasais e de seios paranasais. As biópsias dos tumores nasais podem ser realizadas com a inserção de instrumentos especiais pelo nariz. As biópsias de tumores mais profundos no crânio podem exigir um procedimento mais sofisticado e complexo. Na biópsia incisional, o cirurgião retira apenas uma parte do tumor. Na biópsia excisional todo o tumor é retirado. Em ambos os casos, a amostra de tecido retirado durante o procedimento é enviada para análise.

Endoscopia versus biópsia cirúrgica

Para tumores mais profundos dentro do crânio, o tipo de biópsia depende do tamanho da lesão:

  • Biópsia endoscópica. Alguns tumores localizados na passagem aérea podem ser alcançados com auxílio de um endoscópio, um tubo flexível com luz na extremidade. O endoscópio permite a passagem dos instrumentos cirúrgicos para a retirada de uma amostra do tecido.
  • Biópsia cirúrgica. Para tumores localizados dentro das cavidades pode ser necessário realizar uma incisão na pele, ao lado do nariz e através dos ossos subjacentes para alcançar o tumor.

Testes de laboratório nas amostras da biópsia

As amostras retiradas durante a biópsia são enviadas para um laboratório onde são examinadas por um patologista. Se o câncer for diagnosticado, o patologista realizará diversos testes para classificar o tumor, que servirão para orientar o médico a decidir as melhores opções de tratamento.

Testes para determinadas proteínas em células tumorais. Se o tumor se espalhou ou recidivou, provavelmente o patologista tentará detectar determinadas proteínas nas células cancerígenas. Por exemplo, as células cancerígenas podem ser testadas para a proteína PD-L1, prevendo se o tumor tem maior probabilidade de responder ao tratamento com medicamentos imunoterápicos.

Para saber mais, consulte nosso conteúdo sobre Biópsia e Citologia das Amostras.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 19/04/2021, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive