Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Audiência debaterá portaria sobre tributação de cigarros no Brasil

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 22/04/2019 - Data de atualização: 22/04/2019


O que houve?

O deputado Hugo Motta (PRB-PB) apresentou o Requerimento n° 29/19, solicitando a realização de audiência pública para debater sobre a Portaria n° 263/19, que estuda a redução da tributação de cigarros fabricados no Brasil.

De acordo com o deputado, o Brasil tem desenvolvido políticas de combate ao fumo nos últimos anos, reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e essa medida traz um retrocesso, pois incentiva o consumo do cigarro à população de baixa renda e os mais jovens, favorecendo apenas a indústria do tabaco.

Apesar da diminuição no número de fumantes diários, o número total de fumantes continua a aumentar, proporcionando um grande desafio global para a Saúde Pública e os sistemas de saúde. “Quando fumantes são comparados a indivíduos que nunca fumaram, têm percentual relativo mais elevado para vários tipos de câncer (pulmões, boca, faringe, laringe, esôfago, estômago, pâncreas, rim, bexiga, colo de útero e mama)”, argumentou o deputado.

Para ele, o Brasil é o país que lidera o controle do tabagismo, com o terceiro maior declínio em prevalência de fumantes diários desde 1990. “Isto tem sido atribuído à robusta política pública, na qual foram associados anúncios sobre os danos à saúde causados pelo tabaco, restrições ao consumo e aumento de impostos para esses produtos, entre outras medidas”, explicou.

O autor do requerimento ainda informou que o tabagismo deve ser considerado um problema que transcende os danos causados em órgãos afetados pela fumaça e produtos derivados do tabaco, e se relaciona com um conjunto de problemas produzidos pelo próprio homem envolvendo aspectos econômicos, sociais, culturais e ecológicos que comprometem nossa qualidade de vida e nossa própria sobrevivência.

O deputado propôs a participação dos seguintes convidados:

  • Sr. Sergio Moro, Ministro da Justiça e da Segurança Pública.
  • Sr. Luiz Henrique Mandetta, Ministro da Saúde.
  • Dr. Marcelo Antônio Cartaxo Queiroga Lopes, Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.
  • Drª. Glaucia Maria Moraes de Oliveira, Coordenadora da Pós Graduação em Cardiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.


E agora?

A matéria está pronta para a pauta na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC).



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive