Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Audiência debaterá portaria sobre tributação de cigarros no Brasil

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 22/04/2019 - Data de atualização: 22/04/2019


O que houve?

O deputado Hugo Motta (PRB-PB) apresentou o Requerimento n° 29/19, solicitando a realização de audiência pública para debater sobre a Portaria n° 263/19, que estuda a redução da tributação de cigarros fabricados no Brasil.

De acordo com o deputado, o Brasil tem desenvolvido políticas de combate ao fumo nos últimos anos, reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e essa medida traz um retrocesso, pois incentiva o consumo do cigarro à população de baixa renda e os mais jovens, favorecendo apenas a indústria do tabaco.

Apesar da diminuição no número de fumantes diários, o número total de fumantes continua a aumentar, proporcionando um grande desafio global para a Saúde Pública e os sistemas de saúde. “Quando fumantes são comparados a indivíduos que nunca fumaram, têm percentual relativo mais elevado para vários tipos de câncer (pulmões, boca, faringe, laringe, esôfago, estômago, pâncreas, rim, bexiga, colo de útero e mama)”, argumentou o deputado.

Para ele, o Brasil é o país que lidera o controle do tabagismo, com o terceiro maior declínio em prevalência de fumantes diários desde 1990. “Isto tem sido atribuído à robusta política pública, na qual foram associados anúncios sobre os danos à saúde causados pelo tabaco, restrições ao consumo e aumento de impostos para esses produtos, entre outras medidas”, explicou.

O autor do requerimento ainda informou que o tabagismo deve ser considerado um problema que transcende os danos causados em órgãos afetados pela fumaça e produtos derivados do tabaco, e se relaciona com um conjunto de problemas produzidos pelo próprio homem envolvendo aspectos econômicos, sociais, culturais e ecológicos que comprometem nossa qualidade de vida e nossa própria sobrevivência.

O deputado propôs a participação dos seguintes convidados:

  • Sr. Sergio Moro, Ministro da Justiça e da Segurança Pública.
  • Sr. Luiz Henrique Mandetta, Ministro da Saúde.
  • Dr. Marcelo Antônio Cartaxo Queiroga Lopes, Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.
  • Drª. Glaucia Maria Moraes de Oliveira, Coordenadora da Pós Graduação em Cardiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.


E agora?

A matéria está pronta para a pauta na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC).



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive