Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

[ARTIGO] Dicas para Parar de Fumar

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 26/08/2014 - Data de atualização: 26/08/2014


Você quer parar de fumar?

Confira algumas dicas:

  • Saber por que Você quer Parar

Então você quer parar de fumar, mas você sabe por quê? Porque é ruim para você, provoca doenças? Para ficar motivado, você precisa de uma razão, pessoal poderosa. Talvez você queira proteger sua família do fumo passivo. Talvez saber o que causa câncer de pulmão lhe assuste. O importante é escolher uma razão que seja forte o suficiente para superar o desejo de acender outro cigarro. Encontre sua motivação e não desista.

  • Seja Paciente

Pode ser tentador jogar seu maço de cigarros no lixo e dizer pura e simplesmente que você não vai mais fumar. No entanto, 95% das pessoas que tentam parar de fumar sem terapia ou medicação volta a fumar antes de 1 ano. A razão é que a nicotina é viciante. O cérebro se acostuma a usar nicotina. Sem aporte de nicotina os sintomas de abstinência começam a ocorrer. Entenda que a nicotina é uma droga que causa dependência.

  • Terapia de Reposição de Nicotina

Quando você parar de fumar, a abstinência de nicotina pode fazer você se sentir frustrado, deprimido, agitado ou irritável. O desejo de "apenas uma tragada" pode ser esmagador. A terapia de reposição de nicotina pode ajudar a reduzir esses sentimentos. Estudos sugerem que o uso de chiclete de nicotina, pastilhas e adesivos podem ajudar e dobrar suas chances de abandonar o vício com êxito quando usados junto a um programa comportamental intensivo. Mas, não se recomenda usar esses produtos, enquanto ainda estiver fumando devido aos efeitos colaterais que a exposição a grandes doses de nicotina (do cigarro e da reposição) podem provocar.

  • Prescrição Médica

Para ajudar a abandonar o tabaco e a nicotina pode ser necessária a utilização de medicação, pergunte ao seu médico sobre os medicamentos que podem ser prescritos por ele, baseado sempre no seu caso individual, no seu histórico de consumo de fumo e seu nível de dependência à nicotina. Existem medicamentos que ajudam a reduzir a ansiedade e que podem ajudar a diminuir o consumo de cigarros. Outras drogas atuam na diminuição dos sintomas de abstinência como a depressão ou a dificuldade de concentração.

  • Não se Isole

Divida com seus amigos, familiares e colegas de trabalho que você está tentando parar de fumar. Seu incentivo pode fazer a diferença. Outra opção é fazer parte de grupos de apoio ou conversar com um especialista como seu médico, ou um psicólogo. A terapia comportamental é um tipo de aconselhamento que ajuda com estratégias para parar de fumar. Combinar a terapia comportamental com terapia de reposição de nicotina e / ou medicação aumentam suas chances de sucesso.

  • Gerenciar o Estresse

Uma razão para as pessoas fumarem é que a nicotina ajuda a relaxar. Uma vez que você pare de fumar vai precisar de outra maneira de lidar com o estresse. Tente, por exemplo, realizar massagens regulares, ouvir música relaxante, ou aprender ioga ou tai chi. Se possível, evite situações estressantes durante as primeiras semanas após parar de fumar.

  • Controlando os Gatilhos

Certas atividades podem aumentar seu desejo de fumar. O álcool é um dos gatilhos mais comuns, de maneira que é importante não consumir álcool ou consumir menos. Tomar café é um gatilho importante, troque por chá ou outra bebida como sucos por algumas semanas. E se você costuma fumar após as refeições, opte por escovar os dentes ou mastigar chiclete para diminuir o desejo de fumar. O importante é romper com rotinas que disparam o gatilho para fumar.

  • Em Casa

Uma vez que você fumou seu último cigarro, jogue fora todos os seus cinzeiros e isqueiros. Lave as roupas que cheiram a fumaça, limpe seus tapetes, cortinas, e estofados. Use purificadores de ar para ajudar a livrar sua casa do cheiro de fumaça que é tão familiar. Você não pode associar objetos ou cheiros que lembrem que está na hora de fumar.

  • Não Desista

É muito comum ter uma recaída. Muitos fumantes tentam várias vezes antes de conseguir parar definitivamente, lembre-se a nicotina é uma droga que provoca dependência. Analise as emoções e as circunstâncias que levaram à sua recaída. Use-as como uma oportunidade para reafirmar seu compromisso de não desistir. Uma vez que você tomou a decisão de tentar novamente, defina uma nova data para parar no mês seguinte.

  • Mexa-se

A atividade física pode ajudar a reduzir a dependência à nicotina e aliviar alguns sintomas de abstinência. No momento que você quiser fumar calce seus tênis e faça uma caminhada ou corrida. Mesmo o exercício leve é muito útil, passear com o cachorro ou uma academia podem ser boas ideias. As calorias extras que você queima também irão controlar o aumento de peso que ao inicio se ganha ao parar de fumar.

  • Por sua Saúde

Parar de fumar tem benefícios imediatos para sua saúde. Diminui a pressão arterial e a frequência cardíaca depois de apenas 20 minutos. No primeiro dia, o nível de monóxido de carbono no sangue retorna ao normal. Em duas semanas a três meses, o risco de um ataque cardíaco diminui e seus pulmões começam a funcionar melhor. Os benefícios a longo prazo incluem a diminuição do risco de doenças coronárias , derrame, câncer de pulmão e outros tipos de câncer.

  • Escolha a sua Recompensa

Além dos inúmeros benefícios à saúde, uma das vantagens ao parar de fumar é todo o dinheiro que você vai economizar. Invista esse dinheiro em você e não em cigarros.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive