Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Aprovado projeto que cria mês do câncer de cabeça e pescoço

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 26/06/2018 - Data de atualização: 26/06/2018


O que houve?

A Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) aprovou, nesta terça-feira (26), o PL nº 8.086/17, que institui o mês de julho como Mês Nacional de Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço. 

De autoria do deputado Dr. Sinval Malheiros (PODE-SP), o projeto determina que os órgãos do Poder Público elaborem campanhas no mês de julho de cada ano com o objetivo de disseminação de informações sobre os riscos, danos, formas de prevenção, causas de desenvolvimento, entre outros temas que sejam relacionados aos cânceres que afetam as regiões corporais da cabeça e do pescoço.
 
O relator do projeto na Comissão, deputado Diego Garcia (PODE-PR), informou que a ideia contida no projeto é valiosa. "A criação de data para mobilização social relativa à prevenção dos cânceres de cabeça e pescoço é essencial para colocar em voga essas doenças que trazem tanto impacto negativo para as diversas áreas da seguridade social. A disseminação de informações é importante não apenas para a sociedade em geral, mas também aos profissionais da atenção básica que tem de ser preparados para conhecer os sinais de alerta dessas doenças. O diagnóstico precoce é uma medida que contribui para o bom prognóstico do paciente”, diz o deputado.
 
Durante a discussão da matéria na CSSF nesta terça-feira, o deputado Mandetta (DEM-MS) parabenizou tanto o autor quanto o relator da matéria pela iniciativa.
 
E agora? 
 
A matéria seguirá para análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania em decisão terminativa. Ou seja, se for aprovado na CCJC e não for apresentado recurso, a matéria seguirá para análise do Senado Federal, sem necessidade de apreciação pelo Plenário da Câmara dos Deputados. 

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2018 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive