top

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Medtronic Takeda Susan Komen Astellas UICC


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Após 3 meses de espera, menina com câncer tem atendimento recusado

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 14/03/2017 - Data de atualização: 14/03/2017


A desempregada Rosângela Diniz luta para conseguir tratamento para a filha Anne Heloísa, de 6 anos, que sofre de câncer no tórax. Ela conta que se mudou de Campo Grande (MT) para Senador Candedo, na Região Metropolitana de Goiânia, e esperou 3 meses por uma consulta no Hospital Araújo Jorge. Ainda assim, quando conseguiu, teve o atendimento recusado.

"[A médica que atendeu disse que] o caso da neném foi descoberto lá, tinha que ser tratado lá e que ela não iria atender, deu tchau e pronto. [Eu estava com] um monte de exame na mão e ela falou ‘não vou nem olhar’”, relatou a mãe e entrevista à TV Anhanguera.

A Secrtearia Municipal de Saúde de Senador Canedo havia feito o encaminhamento para a unidade de saúde em Goiânia. No entanto, após a consulta, o hospital informou que não aceitaria pacientes sem relatório do que já foi feito.

O Araújo Jorge informou à TV Anhanguera que a Anne Heloísa não está em tratamento, mas em acompanhamento. Segundo o hospital, não é possível iniciar o procedimento sem o relatório médico dela. A unidade orientou a família a pegar o prontuário no hospital onde ela realizou tratamento em Campo Grande.

Dificuldades

Ainda conforme a família da paciente, a menina sente dores constantes, precisa de usar fraldas por causa de um sangramento e tomar diversos remédios. Sem emprego, os pais estão com dificuldade de pagar as contas e contam com ajuda dos vizinhos, como Nelbe Nunes da Silva, que pede doações para a família.

"Estão precisando de cesta básica, de remédio, de frutas, que ela tem que comer bastante. Toda doação é bem vinda”, explicou.

Fonte: G1

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive