Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Anvisa aprova tratamento de manutenção de primeira linha em câncer de ovário com mutação BRCA

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 26/02/2019 - Data de atualização: 26/02/2019


Esta semana a ANVISA aprovou o uso de olaparibe comprimidos para tratamento de manutenção do câncer de ovário (incluindo trompa ou tumor peritoneal primário), recentemente diagnosticado, de alto grau (grau 2 ou maior) avançado, com mutação de BRCA e que respondeu à quimioterapia baseada em platina na primeira linha de tratamento.

Esta aprovação se baseou no estudo fase III SOLO-1, que demonstrou benefício estatística e clinicamente significativo de sobrevida livre de progressão (PFS) com o uso de olaparibe versus placebo nesta população de pacientes, reduzindo o risco de progressão ou morte em 70%, com uma mediana de PFS não alcançada dentro de 41 meses de seguimento versus 13,8 meses para placebo.

O advento de olaparibe nesta indicação e os resultados do estudo SOLO-1 reforçam a importância de se conhecer o status da mutação de BRCA em pacientes com câncer de ovário o quanto antes após o diagnóstico da doença – pois pacientes com a mutação podem se beneficiar desta abordagem terapêutica de inibição de PARP.

Fonte: Oncologia Brasil

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive