Tipos de Câncer

Câncer de Mama

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

A Atriz Rachel Ripani fala sobre sua Experiência Vivendo uma Paciente com Diagnóstico de Câncer de Mama

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 18/10/2012 - Data de atualização: 18/10/2012


O portal Oncoguia entrevistou a atriz Rachel Ripani, a Tatiana da novela Caras & Bocas da Rede Globo. Na trama, Tatiana vive uma jovem mulher que está em tratamento de câncer de mama.

Instituto Oncoguia - Conte-nos como foi a sua reação quando soube que a sua personagem, a Tatiana iria ter câncer?

Rachel Ripani - Achei intenso e um ótimo desafio para mim, além de saber que era muito bom falar no assunto para conscientizar as pessoas.

Instituto Oncoguia - Você já tinha alguma experiência sobre o assunto? Algum familiar ou amigo (a) já teve ou tem câncer? Se sim, como isso lhe ajudou no desenvolvimento do papel. Se não, de que forma você se preparou?

Rachel Ripani - Sim, o câncer infelizmente está cada vez mais comum. Meu pai teve um tumor benigno, está ótimo, minha família perdeu duas amigas próximas para câncer de mama e de intestino. Isso me ajudou, conversei com várias pessoas que já passaram por isso, amigas que tiveram e passaram por isso, visitei o IBCC em SP, tive muitas oportunidades de conversar inclusive com médicos sobre o assunto.

Instituto Oncoguia - Os índices de câncer de mama em mulheres jovens está cada dia mais frequente. Você acredita que a sua personagem também está fazendo um papel de conscientização para as mulheres mais jovens se cuidarem?

Certamente essa é a ideia do Walcyr, e espero que seja o objetivo alcançado através da história.

Instituto Oncoguia - A queda do cabelo é um dos efeitos colaterais que mais afetam as mulheres diante do tratamento. Você resolveu cortar o seu cabelo de verdade, como foi que tomou esta decisão?

Rachel Ripani - O Walcyr, ao criar essa história, pensou ser importante para dar veracidade à história que fizéssemos de verdade a perda dos cabelos, e eu concordei com ele e topei na hora.

Instituto Oncoguia - Que recado você daria para as mulheres que estão passando pelo tratamento?

Rachel Ripani - Coragem, queridas. Vocês são lindas e fortes e vão sair mais saudáveis da experiência. Estou torcendo por vocês.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive