top

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Medtronic Takeda Susan Komen Astellas UICC


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

[5º FÓRUM] Integração: a rede de cuidados na atenção oncológica

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 30/10/2015 - Data de atualização: 30/10/2015


A Política Nacional de Atenção Oncológica de 2005 foi revista para dar lugar à Política Nacional para a Prevenção e Controle do Câncer na Rede de Atenção à Saúde, instituída em 2013. "É preciso ter integração para ter qualidade no cuidado ao paciente com câncer”, diz Patrícia Sampaio (foto), do Ministério da Saúde, ao ilustrar a proposta de uma nova lógica que passa a pautar a atenção oncológica: a integração em rede.

Hoje, são 283 serviços públicos em atividade no país (CACONS/UNACONS). A rede cresceu 10% nos últimos quatro anos, mas ainda é insuficiente para fazer frente aos grandes desafios que confrontam a oncologia. Para 2015, um dos grandes desafios é melhorar a espera na fila”, reconhece Patrícia. "Quem está esperando por uma hipótese diagnóstica, quem está esperando para fazer rastreamento tem que ter tratamentos diferentes dentro da regulação”, ilustra.

"E os hospitais habilitados em oncologia precisam cumprir o seu papel de apoiar a rede e fechar o diagnóstico. Eles não podem receber só os pacientes com diagnóstico fechado”, explica.

A nova dinâmica começou com a revisão do marco legal e agora depende do apoio de cada Estado para dimensionar a oferta e organizar a rede de serviços da atenção oncológica no SUS.

Por Valéria Hartt/OncoNews



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive