top
De Paciente

para Paciente

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

5 coisas que você deve saber antes da radioterapia do câncer de vulva

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/05/2015 - Data de atualização: 29/05/2015


Como parte do meu tratamento para o câncer de vulva, passei por algumas sessões de radioterapia 5 vezes por semana, durante 6 semanas.

Não sabia o que esperar, e após cerca de duas semanas, comecei a me sentir como "uma batata assada que tinha sido deixada no micro-ondas”.

Hoje, totalmente livre do câncer, sinto que no final valeu a pena. Mas, confesso, não foi um processo fácil...

Refletindo sobre tudo isso, anotei algumas lições que aprendi e que também gostaria de ter tido conhecimento antes de iniciar o tratamento:

  • Tive que aprender a ser mais flexível – Por se tratar de um tratamento delicado, a sessão de tratamento poderá não iniciar exatamente no mesmo horário todos os dias. Poderá ser uma hora mais cedo ou uma hora mais tarde, pois haverá pacientes que cancelam no último minuto e outros que exigem mais tempo do que o esperado. A lição de tudo isso é bem simples: Estar pronta e tentar não ficar chateada com essas mudanças. Tenha sempre uma boa revista ou aquele livro de cabeceira com você.

  • Em alguns casos, você será imobilizado – Durante o procedimento é importante não se mexer, porque qualquer movimento pode alterar a área que está sendo tratada. Então é preparado um molde, tipo um berço, onde você deita e se mantêm posicionada para receber a radiação na área que deve ser tratada. Quer saber a verdade? Todos os dias eu agradeci por estar ali, pois isso permitiu que a radiação atingisse o diretamente o tumor, protegendo assim as partes saudáveis do meu corpo.

  • Você será tatuada! Mas calma, não será definitivo... – A equipe técnica responsável por você fará pequenas marcações com uma caneta especial na área a ser irradiada, tudo isso para poder posicionar o equipamento corretamente na região que deve ser  tratada.  A ideia é que essa marcação dure até o final do tratamento radioterápico, mas você pode precisar de alguns retoques ao longo do tratamento. Uma boa dica é evitar friccionar muito a região com roupas ou toalhas e o uso de produtos à base de álcool. Isso impedirá que esses pontos não sumam completamente do corpo, evitando perder tempo com novas marcações ,além de, algumas manchas em suas roupas provocadas pela tinta da caneta.

  • Sua pele poderá ficar "seca e descamada” – É assim que os médicos a descrevem. O que isso significa exatamente? Significa que, em alguns casos, sua pele poderá ficar vermelha, irritada, queimada ou bronzeada e sensível na área irradiada. Lembre-se de conversar sempre com seu médico antes de passar qualquer produto na pele, mas saiba que apenas evitar o uso de cremes, loções e hidratantes à base de álcool já ajuda muito.

  • Alguns tratamentos podem ser mais sofridos – Emocionalmente falando, a pior parte do tratamento para mim foi fazer a radioterapia durante a quinta e a sexta semana do tratamento. Foi preciso muita força de vontade, autodisciplina e vontade de viver.

O câncer pode sim ser uma barra e os tratamentos por vezes são pesados, mas você é mais forte. A radioterapia ajudou muito em todo o processo de salvar a minha vida. Estou livre da doença há um ano e meio. Agora voltei a trabalhar e estou desfrutando a vida cada dia através do meu olhar de sobrevivente.

Então, quando as coisas ficarem difíceis, lembre-se: você pode fazer isso. Vale a pena!

Acesse nosso conteúdo completo sobre câncer de vulva.

por J. M.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive