Espaço do

Paciente


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

[Câncer de Mama Avançado] Vânia Moraes Izabel

Aprendendo Com Você



Essa entrevista foi preenchida em 20/04/2016

  • Instituto Oncoguia - Quem é você? (idade, profissão, tem filhos, casada, cidade e estado?) Vânia - Sou Vânia, psicóloga, tenho um filho de 12 anos, sou viúva e moro em São Paulo.
  • Instituto Oncoguia - Como foi que você descobriu que estava com câncer? Vânia - Assistindo ao Fantástico, acompanhei em 2014 todos os domingos o Drauzio Varella. Corri para o banheiro e chorei muito.
  • Instituto Oncoguia - Você apresentou sinais e sintomas do câncer? Quais? Vânia - Sim! Senti dor, muita dor!
  • Instituto Oncoguia - Quais dificuldades você enfrentou para fechar o seu diagnóstico? Vânia - Nenhuma.
  • Instituto Oncoguia - Como você ficou quando recebeu o diagnóstico? O que sentiu? No que pensou? Vânia - Um buraco se abriu no chão, senti medo, muito medo e pensei muito no meu filho.
  • Instituto Oncoguia - Qual foi a sua maior preocupação neste momento? Vânia - Continuar a lutar.
  • Instituto Oncoguia - Você já começou o tratamento? Em que parte do tratamento você se encontra nesse momento? Se já finalizou, conte-nos um pouco sobre como foi enfrentar todos os tratamentos? Vânia - Já fiz um quadrante, hoje cuido de três cânceres, no estômago e pulmão. Tive que extrair todos os dentes por causa da radioterapia, nossa, já passou, sempre fui sozinha pra tudo, não tenho família em São Paulo.
  • Instituto Oncoguia - Em sua opinião, qual é o tratamento mais difícil? Por quê? Vânia - A radioterapia, pelas queimaduras.
  • Instituto Oncoguia - Você sentiu algum efeito colateral diante ao tratamento? Como lidou com isso? O que te ajudou? Vânia - Nenhum.
  • Instituto Oncoguia - Como foi/é a sua relação com seu médico oncologista? Vânia - É até hoje maravilhosa!
  • Instituto Oncoguia - Você se relacionou com outros profissionais? Se sim, quais e por quê? Vânia - Sim, mastologista que me acompanha até hoje. Também vou ao pneumologista, endócrino, gastroenterologista, psiquiatra, psicóloga, clínico geral, dentista, etc.
  • Instituto Oncoguia - Você fez ou faz acompanhamento psicológico? Se sim, conte-nos um pouco sobre a importância desse profissional nessa fase da sua vida. Vânia - Sou psicóloga, mas a ajuda do outro é muito boa.
  • Instituto Oncoguia - Como está a sua vida hoje? Vânia - Maravilhosa, sempre esteve.
  • Instituto Oncoguia - Você continua trabalhando ou parou por causa do câncer? Vânia - Já era aposentada.
  • Instituto Oncoguia - Você buscou seus direitos? Se sim, quais? Vânia - TODOS, principalmente SP TRANS, que foi negado.
  • Instituto Oncoguia - Quais são seus projetos para o futuro? Vânia - VIVERRRRRRRRRRRRRRRRRRRR
  • Instituto Oncoguia - Que orientações você daria para alguém que está recebendo o diagnóstico de câncer hoje? Vânia - RESPIRE FUNDO e se doe ao desconhecido. Pense, VOCÊ NÃO É MEU e não vai ficar aí não.
  • Instituto Oncoguia - Como você conheceu o Oncoguia? Vânia - Pelo Face.
  • Instituto Oncoguia - Você tem alguma sugestão a nos dar? Vânia - Não.
  • Instituto Oncoguia - O que você acha que deveria ser feito para melhorar a situação do câncer no Brasil? Deixe um recado para os políticos brasileiros! Vânia - Mais equipamentos, mais profissionais na área principalmente mamógrafos e pessoal radiologistas, esses são estressados.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive