Espaço do

Paciente


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Apoio
Roche Norvatis Varian Bristol Lilly Amgen Pfizer Astrazeneca Bayer Janssen Msd Google grants Techsoup Lookmysite Ipsen Servier UICC Merck Abbvie Mundipharma United Medical Takeda Astellas

[Macroglobulinemia de Waldenstrom] Su

Aprendendo Com Você



Essa entrevista foi preenchida em 12/10/2018

  • Instituto Oncoguia - Quem é você? (idade, profissão, tem filhos, casada, cidade e estado?) Su - 49 anos, bancária, 3 filhas maravilhosas, casada, interior de SP.
  • Instituto Oncoguia - Como foi que você descobriu que estava com câncer? Su - Exame de sangue.
  • Instituto Oncoguia - Você apresentou sinais e sintomas do câncer? Quais? Su - Não.
  • Instituto Oncoguia - Quais dificuldades você enfrentou para fechar o seu diagnóstico? Su - Primeiro médico nunca podia atender, hoje estou com iniciando tratamento com um médico excelente.
  • Instituto Oncoguia - Como você ficou quando recebeu o diagnóstico? O que sentiu? No que pensou? Su - Até normal... Estas coisas acontecem nas melhores famílias... Pensei e falei assim para Deus e meu marido: "Deu merda!!". Demorei para ter o diagnóstico de qual tipo era... isso foi um pouco angustiante.
  • Instituto Oncoguia - Qual foi a sua maior preocupação neste momento? Su - "O que, como eu vou dizer pra minha mãe! "
  • Instituto Oncoguia - Você já começou o tratamento? Em que parte do tratamento você se encontra nesse momento? Se já finalizou, conte-nos um pouco sobre como foi enfrentar todos os tratamentos? Su - O médico prescreveu medicamento já há 15 dias... sincero o medico informou que é rara e ele nunca tratou desse diagnóstico. Após pesquisa achei 2 médicos que tratam pacientes com esse diagnóstico. Estou com consulta marcada com um deles para 15/10... então vou decidir o que fazer.
  • Instituto Oncoguia - Em sua opinião, qual é o tratamento mais difícil? Por quê? Su - Não sei... o mais difícil pra mim foi comunicar minhas filhas... e vai ser difícil também comunicar os demais parentes.
  • Instituto Oncoguia - Você sentiu algum efeito colateral diante ao tratamento? Como lidou com isso? O que te ajudou? Su - Não iniciei tratamento ainda.
  • Instituto Oncoguia - Como foi/é a sua relação com seu médico oncologista? Su - Ele é ótimo.
  • Instituto Oncoguia - Você se relacionou com outros profissionais? Se sim, quais e por quê? Su - Marcado para 15/10. Para falar com profissional que tratou pacientes com minha doença... penso ser importante ter mais conhecimento para poder montar estratégia e enfrentar.
  • Instituto Oncoguia - Você fez ou faz acompanhamento psicológico? Se sim, conte-nos um pouco sobre a importância desse profissional nessa fase da sua vida. Su - Não.
  • Instituto Oncoguia - Como está a sua vida hoje? Su - Normal... Um pouco ansiosa as vezes.
  • Instituto Oncoguia - Você continua trabalhando ou parou por causa do câncer? Su - Sim, trabalhando.
  • Instituto Oncoguia - Você buscou seus direitos? Se sim, quais? Su - Não precisei até o momento.
  • Instituto Oncoguia - Quais são seus projetos para o futuro? Su - Combater a doença e prolongar a vida o máximo possível esperando uma possível cura no futuro... espero que façam pesquisas para encontrar um novo medicamento para essa doença.
  • Instituto Oncoguia - Que orientações você daria para alguém que está recebendo o diagnóstico de câncer hoje? Su - Não sei... talvez: calma... tudo vai dar certo! seja positiva e deixar-se amar pelas pessoas amadas.
  • Instituto Oncoguia - Como você conheceu o Oncoguia? Su - Procurando pelo nome da doença na internet. Por sinal, é o site mais completo que encontrei!! Parabéns!
  • Instituto Oncoguia - Você tem alguma sugestão a nos dar? Su - Ainda não...
  • Instituto Oncoguia - O que você acha que deveria ser feito para melhorar a situação do câncer no Brasil? Deixe um recado para os políticos brasileiros! Su - Melhorar diagnóstico... Poderiam começar com estudantes no ensino médio e faculdade. E rapidez no início do tratamento .


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive