Espaço do

Paciente


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Apoio

[Câncer de Mama] Sarah Rodrigues

Aprendendo Com Você



Essa entrevista foi preenchida em 09/06/2018

Sarah Rodrigues
  • Instituto Oncoguia - Quem é você? (idade, profissão, tem filhos, casada, cidade e estado?) Sarah - Me chamo Sarah Rodrigues, tenho 33 anos, sou gestora comercial, e atualmente estudante de Enfermagem. Sou divorciada, sem filhos. Moro em João Pessoa, PB.
  • Instituto Oncoguia - Como foi que você descobriu que estava com câncer? Sarah - Descobri no período menstrual, quando senti minha mama endurecida e retraída, com um abaulamento na parte superior da mama. Fiz ultrassonografia, e logo após, punção e biópsia, confirmando a doença.
  • Instituto Oncoguia - Você apresentou sinais e sintomas do câncer? Quais? Sarah - Não, nunca senti nenhuma dor. Apenas no período menstrual que ela endureceu e realmente achei estranho.
  • Instituto Oncoguia - Quais dificuldades você enfrentou para fechar o seu diagnóstico? Sarah - Nenhuma dificuldade, graças a Deus. A médica super confiante me explicou tudo direitinho.
  • Instituto Oncoguia - Como você ficou quando recebeu o diagnóstico? O que sentiu? No que pensou? Sarah - Fiquei paralisada... Senti formigamentos nas pernas e nas mãos, achei que fosse infartar... Passava um filme na minha cabeça, de tudo o que eu já havia passado, no meu trabalho, na minha vida pessoal, com meus pais... De repente, achei que estava protagonizando um filme de terror.
  • Instituto Oncoguia - Qual foi a sua maior preocupação neste momento? Sarah - Em dar início ao tratamento... Ficava ansiosa achando que quanto mais dias passassem ele estaria se desenvolvendo e se espalhando ainda mais.
  • Instituto Oncoguia - Você já começou o tratamento? Em que parte do tratamento você se encontra nesse momento? Se já finalizou, conte-nos um pouco sobre como foi enfrentar todos os tratamentos? Sarah - Sim. Desde os primeiros sinais em fevereiro ao diagnóstico fechado em 22/03/18, o médico me encaminhou para fazer 4 seções de quimioterapia com ciclos de 21 dias. Fiz a primeira dia 25/04/18, a segunda dia 15/05/18, e a terceira, graças a Deus dia 05/06/18. Cada uma com suas reações... Essa terceira me deixou um pouco mais cansada, estou mais pensativa, ansiosa pelas próximas etapas. Dia 26/06/18 será a ultima seção.
  • Instituto Oncoguia - Em sua opinião, qual é o tratamento mais difícil? Por quê? Sarah - Quimioterapia, porque nos deixa muito vulneráveis... Lidar com a baixa da imunidade e ficar na iminência de não poder fazer a próxima seção é chato.
  • Instituto Oncoguia - Você sentiu algum efeito colateral diante ao tratamento? Como lidou com isso? O que te ajudou? Sarah - Sim, senti. Muitas dores no corpo, indisposição, impaciência, enjoos, diarreia, lábios ressecados, desconforto abdominal. Tomando as medicações prescritas, tomando bastante água, suco verde. Tomando suplementação prescrita pela minha nutricionista, p/ melhorar a imunidade. Meus amigos ao meu lado, me dando forças e me fazendo sorrir, nos meus piores dias. Os cuidados da minha mãe e da minha irmã comigo, estão me dando suporte para querer acordar todo os dias bem.
  • Instituto Oncoguia - Como foi/é a sua relação com seu médico oncologista? Sarah - Uma relação amigável. Ele é um excelente profissional, sempre me recebe com um sorriso contagiante, me explica tudo direitinho, tira todas as minhas dúvidas.
  • Instituto Oncoguia - Você se relacionou com outros profissionais? Se sim, quais e por quê? Sarah - Não.
  • Instituto Oncoguia - Você fez ou faz acompanhamento psicológico? Se sim, conte-nos um pouco sobre a importância desse profissional nessa fase da sua vida. Sarah - Não, ainda não mas pretendo. Acho que será importante para a passagem das novas etapas, ainda desconhecidas.
  • Instituto Oncoguia - Como está a sua vida hoje? Sarah - Apesar de toda a luta, estou bem. Estou com a rotina normal na faculdade. Estou feliz, pois sei que Deus tem reservado grandes coisas na minha vida, e tudo isso será passageiro. Apenas para me aperfeiçoar em algumas áreas importantes da minha vida.
  • Instituto Oncoguia - Você continua trabalhando ou parou por causa do câncer? Sarah - Me afastei. Pois como trabalhava no comércio, era um trabalho bem estressante.
  • Instituto Oncoguia - Você buscou seus direitos? Se sim, quais? Sarah - Sim. Estou recebendo beneficio do INSS.
  • Instituto Oncoguia - Quais são seus projetos para o futuro? Sarah - Terminar meu curso de Enfermagem. Trabalhar com pessoas, ajudar a quem eu puder.
  • Instituto Oncoguia - Que orientações você daria para alguém que está recebendo o diagnóstico de câncer hoje? Sarah - Que tente manter a calma e o equilíbrio. Não é fácil receber esse diagnóstico. Mas com fé, e confiante nos profissionais que Deus capacitou é possível ter bons resultados. Jamais se entristecer, nem se questionar... Das dores nos tonamos mais fortes. Esperar em Deus, pois Ele é o dono de nossa vida, e controlar a ansiedade, pois jamais podemos adiantar nenhum processo que vamos passar.
  • Instituto Oncoguia - Como você conheceu o Oncoguia? Sarah - Através das redes sociais. Instagram
  • Instituto Oncoguia - O que você acha que deveria ser feito para melhorar a situação do câncer no Brasil? Deixe um recado para os políticos brasileiros! Sarah - Maior valorização e investimento em capacitar os profissionais, desde os cuidadores mais simples aos médicos. Dar suporte necessário a todos os hospitais públicos, e acesso e esclarecimento de toda a doença a toda a população, aos exames mais básicos e todo o tratamento com qualidade.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive