Espaço do

Paciente


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Apoio
Roche Norvatis Varian Bristol Lilly Amgen Pfizer Astrazeneca Bayer Janssen Msd Google grants Techsoup Lookmysite Ipsen Servier UICC Merck Abbvie Mundipharma United Medical Takeda Astellas

[Câncer de Mama] Sarah Rodrigues

Aprendendo Com Você



Essa entrevista foi preenchida em 09/06/2018

Sarah Rodrigues
  • Instituto Oncoguia - Quem é você? (idade, profissão, tem filhos, casada, cidade e estado?) Sarah - Me chamo Sarah Rodrigues, tenho 33 anos, sou gestora comercial, e atualmente estudante de Enfermagem. Sou divorciada, sem filhos. Moro em João Pessoa, PB.
  • Instituto Oncoguia - Como foi que você descobriu que estava com câncer? Sarah - Descobri no período menstrual, quando senti minha mama endurecida e retraída, com um abaulamento na parte superior da mama. Fiz ultrassonografia, e logo após, punção e biópsia, confirmando a doença.
  • Instituto Oncoguia - Você apresentou sinais e sintomas do câncer? Quais? Sarah - Não, nunca senti nenhuma dor. Apenas no período menstrual que ela endureceu e realmente achei estranho.
  • Instituto Oncoguia - Quais dificuldades você enfrentou para fechar o seu diagnóstico? Sarah - Nenhuma dificuldade, graças a Deus. A médica super confiante me explicou tudo direitinho.
  • Instituto Oncoguia - Como você ficou quando recebeu o diagnóstico? O que sentiu? No que pensou? Sarah - Fiquei paralisada... Senti formigamentos nas pernas e nas mãos, achei que fosse infartar... Passava um filme na minha cabeça, de tudo o que eu já havia passado, no meu trabalho, na minha vida pessoal, com meus pais... De repente, achei que estava protagonizando um filme de terror.
  • Instituto Oncoguia - Qual foi a sua maior preocupação neste momento? Sarah - Em dar início ao tratamento... Ficava ansiosa achando que quanto mais dias passassem ele estaria se desenvolvendo e se espalhando ainda mais.
  • Instituto Oncoguia - Você já começou o tratamento? Em que parte do tratamento você se encontra nesse momento? Se já finalizou, conte-nos um pouco sobre como foi enfrentar todos os tratamentos? Sarah - Sim. Desde os primeiros sinais em fevereiro ao diagnóstico fechado em 22/03/18, o médico me encaminhou para fazer 4 seções de quimioterapia com ciclos de 21 dias. Fiz a primeira dia 25/04/18, a segunda dia 15/05/18, e a terceira, graças a Deus dia 05/06/18. Cada uma com suas reações... Essa terceira me deixou um pouco mais cansada, estou mais pensativa, ansiosa pelas próximas etapas. Dia 26/06/18 será a ultima seção.
  • Instituto Oncoguia - Em sua opinião, qual é o tratamento mais difícil? Por quê? Sarah - Quimioterapia, porque nos deixa muito vulneráveis... Lidar com a baixa da imunidade e ficar na iminência de não poder fazer a próxima seção é chato.
  • Instituto Oncoguia - Você sentiu algum efeito colateral diante ao tratamento? Como lidou com isso? O que te ajudou? Sarah - Sim, senti. Muitas dores no corpo, indisposição, impaciência, enjoos, diarreia, lábios ressecados, desconforto abdominal. Tomando as medicações prescritas, tomando bastante água, suco verde. Tomando suplementação prescrita pela minha nutricionista, p/ melhorar a imunidade. Meus amigos ao meu lado, me dando forças e me fazendo sorrir, nos meus piores dias. Os cuidados da minha mãe e da minha irmã comigo, estão me dando suporte para querer acordar todo os dias bem.
  • Instituto Oncoguia - Como foi/é a sua relação com seu médico oncologista? Sarah - Uma relação amigável. Ele é um excelente profissional, sempre me recebe com um sorriso contagiante, me explica tudo direitinho, tira todas as minhas dúvidas.
  • Instituto Oncoguia - Você se relacionou com outros profissionais? Se sim, quais e por quê? Sarah - Não.
  • Instituto Oncoguia - Você fez ou faz acompanhamento psicológico? Se sim, conte-nos um pouco sobre a importância desse profissional nessa fase da sua vida. Sarah - Não, ainda não mas pretendo. Acho que será importante para a passagem das novas etapas, ainda desconhecidas.
  • Instituto Oncoguia - Como está a sua vida hoje? Sarah - Apesar de toda a luta, estou bem. Estou com a rotina normal na faculdade. Estou feliz, pois sei que Deus tem reservado grandes coisas na minha vida, e tudo isso será passageiro. Apenas para me aperfeiçoar em algumas áreas importantes da minha vida.
  • Instituto Oncoguia - Você continua trabalhando ou parou por causa do câncer? Sarah - Me afastei. Pois como trabalhava no comércio, era um trabalho bem estressante.
  • Instituto Oncoguia - Você buscou seus direitos? Se sim, quais? Sarah - Sim. Estou recebendo beneficio do INSS.
  • Instituto Oncoguia - Quais são seus projetos para o futuro? Sarah - Terminar meu curso de Enfermagem. Trabalhar com pessoas, ajudar a quem eu puder.
  • Instituto Oncoguia - Que orientações você daria para alguém que está recebendo o diagnóstico de câncer hoje? Sarah - Que tente manter a calma e o equilíbrio. Não é fácil receber esse diagnóstico. Mas com fé, e confiante nos profissionais que Deus capacitou é possível ter bons resultados. Jamais se entristecer, nem se questionar... Das dores nos tonamos mais fortes. Esperar em Deus, pois Ele é o dono de nossa vida, e controlar a ansiedade, pois jamais podemos adiantar nenhum processo que vamos passar.
  • Instituto Oncoguia - Como você conheceu o Oncoguia? Sarah - Através das redes sociais. Instagram
  • Instituto Oncoguia - O que você acha que deveria ser feito para melhorar a situação do câncer no Brasil? Deixe um recado para os políticos brasileiros! Sarah - Maior valorização e investimento em capacitar os profissionais, desde os cuidadores mais simples aos médicos. Dar suporte necessário a todos os hospitais públicos, e acesso e esclarecimento de toda a doença a toda a população, aos exames mais básicos e todo o tratamento com qualidade.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive