Espaço do

Paciente


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Apoio

[Câncer de Colo do Útero] Railla Deise de Souza

Aprendendo Com Você



Essa entrevista foi preenchida em 22/10/2017

  • Instituto Oncoguia - Quem é você? (idade, profissão, tem filhos, casada, cidade e estado?) Railla - Tenho 31 anos, 1 filho, casada, moro em Barreiras na Bahia.
  • Instituto Oncoguia - Como foi que você descobriu que estava com câncer? Railla - Exame de rotina, Papanicolaou.
  • Instituto Oncoguia - Você apresentou sinais e sintomas do câncer? Quais? Railla - Nenhum.
  • Instituto Oncoguia - Quais dificuldades você enfrentou para fechar o seu diagnóstico? Railla - A médica que fez meu Papanicolaou só disse que eu teria que fazer a conização, mas não disse nem pra quê nem por quê, descobri porque trabalho na saúde e fui ler sobre o resultado da biópsia no google.
  • Instituto Oncoguia - Como você ficou quando recebeu o diagnóstico? O que sentiu? No que pensou? Railla - Fiquei tranquila, sabia que tava muito superficial e que eu tinha descoberto a tempo de me tratar, informação nesse momento é tudo.
  • Instituto Oncoguia - Qual foi a sua maior preocupação neste momento? Railla - Arrumar dinheiro p cirurgia, o SUS na minha cidade é muito lento e nesses casos não dá pra esperar.
  • Instituto Oncoguia - Você já começou o tratamento? Em que parte do tratamento você se encontra nesse momento? Se já finalizou, conte-nos um pouco sobre como foi enfrentar todos os tratamentos? Railla - Fiz histerectomia e já estou de alta, meu oncologista recomendou acompanhamento clínico de 3 em 3 meses no primeiro ano e depois de 6 em 6 meses. Esse primeiro ano já foi e está tudo bem... Com relação a histerectomia foi tudo tranquilo também, com 60 dias já tinha voltado a minhas atividades normais.
  • Instituto Oncoguia - Em sua opinião, qual é o tratamento mais difícil? Por quê? Railla - Graças a Deus não precisei fazer nem quimio nem radio.
  • Instituto Oncoguia - Como foi/é a sua relação com seu médico oncologista? Railla - Foi ótima, apesar de ter nos visto apenas uma vez.
  • Instituto Oncoguia - Você fez ou faz acompanhamento psicológico? Se sim, conte-nos um pouco sobre a importância desse profissional nessa fase da sua vida. Railla - Não fiz.
  • Instituto Oncoguia - Como está a sua vida hoje? Railla - Normal, do mesmo jeito de antes de descobrir o câncer.
  • Instituto Oncoguia - Você continua trabalhando ou parou por causa do câncer? Railla - Continuo trabalhando, voltei com 60 dias após a cirurgia.
  • Instituto Oncoguia - Quais são seus projetos para o futuro? Railla - Continuar trabalhando e criando meu filho de apenas 3 anos.
  • Instituto Oncoguia - Que orientações você daria para alguém que está recebendo o diagnóstico de câncer hoje? Railla - Tentar ficar tranquila ao máximo, e procurar um profissional de sua confiança, fazer o tratamento direitinho, ler bastante e se informar... Isso pra mim foi decisivo.
  • Instituto Oncoguia - Como você conheceu o Oncoguia? Railla - Facebook.
  • Instituto Oncoguia - O que você acha que deveria ser feito para melhorar a situação do câncer no Brasil? Deixe um recado para os políticos brasileiros! Railla - Invistam em tratamentos específicos para o câncer nas cidades mais pequenas também, é muito triste ter que viajar quase 1.000km para fazer um tratamento todos os meses. Não foi o meu caso, mas é a realidade de muitas pessoas.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive