Espaço do

Paciente


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Apoio

[Câncer de Mama] J.X

Aprendendo Com Você



Essa entrevista foi preenchida em 07/07/2018

  • Instituto Oncoguia - Quem é você? (idade, profissão, tem filhos, casada, cidade e estado?) J.X - Tenho 38 anos, sou funcionária pública, solteira, mãe de um menino de 4 anos e moro no Rio de Janeiro.
  • Instituto Oncoguia - Como foi que você descobriu que estava com câncer? J.X - Há 1 ano, durante um auto exame, senti um caroço no seio esquerdo.
  • Instituto Oncoguia - Você apresentou sinais e sintomas do câncer? Quais? J.X - Apenas sentia o nódulo, ao toque. Sem dor, nenhum tipo de incomodo.
  • Instituto Oncoguia - Quais dificuldades você enfrentou para fechar o seu diagnóstico? J.X - A única dificuldade foi ter continuado a acompanhar o nódulo, após tê-lo descoberto, pois depois de realizar a mamografia e ter resultado BI RADS 2, fiquei com medo de fazer a biopsia, e quando retornei depois de 8 meses, evoluiu para o 4.
  • Instituto Oncoguia - Como você ficou quando recebeu o diagnóstico? O que sentiu? No que pensou? J.X - Foi após o laudo da mamotomia, e estava com minha mãe. Procurei os termos do laudo na internet e só pedia para Deus me sustentar. Chorei muito e pensei nela e no filho. Levei à minha ginecologista pra ter certeza e realmente foi confirmado.
  • Instituto Oncoguia - Qual foi a sua maior preocupação neste momento? J.X - É a mesma que tenho ainda, porém menos desesperadora: do meu organismo responder ao tratamento, seja ele qual for.
  • Instituto Oncoguia - Você já começou o tratamento? Em que parte do tratamento você se encontra nesse momento? Se já finalizou, conte-nos um pouco sobre como foi enfrentar todos os tratamentos? J.X - Ainda não comecei. Fiz a cirurgia conservadora, pois o tumor estava com 1,3 cm, e retirei alguns linfonodos para biopsia. Tenho quase 21 dias de operação e aguardo o laudo para saber qual será o tratamento, além da Radio. E estou fazendo Fisioterapia Oncológica.
  • Instituto Oncoguia - Em sua opinião, qual é o tratamento mais difícil? Por quê? J.X - Ainda não sei.
  • Instituto Oncoguia - Como foi/é a sua relação com seu médico oncologista? J.X - A melhor. Foi Deus que a colocou em meu caminho.
  • Instituto Oncoguia - Você se relacionou com outros profissionais? Se sim, quais e por quê? J.X - Sim: meu mastologista, minha oncologista e a fisioterapeuta.
  • Instituto Oncoguia - Você fez ou faz acompanhamento psicológico? Se sim, conte-nos um pouco sobre a importância desse profissional nessa fase da sua vida. J.X - Não faço nenhum acompanhamento, ainda.
  • Instituto Oncoguia - Como está a sua vida hoje? J.X - Estou afastada do meu trabalho. Muitas restrições, pois não posso movimentar muito o braço como antes ou pegar meu filho no colo. Mas, melhorando devido a fisioterapia.
  • Instituto Oncoguia - Você continua trabalhando ou parou por causa do câncer? J.X - Estou de licença.
  • Instituto Oncoguia - Quais são seus projetos para o futuro? J.X - Viver bem e melhor, com Jesus.
  • Instituto Oncoguia - Que orientações você daria para alguém que está recebendo o diagnóstico de câncer hoje? J.X - Um dia após o outro.
  • Instituto Oncoguia - Como você conheceu o Oncoguia? J.X - Google.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive