Espaço do

Paciente


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

[Câncer de Mama Avançado] Janete Melero Guimaraes

Aprendendo Com Você



Essa entrevista foi preenchida em 27/01/2016

Janete Melero Guimaraes
  • Instituto Oncoguia - Quem é você? (idade, profissão, tem filhos, casada, cidade e estado?) Janete - Tenho 41 aos, do lar. Sou casada, tenho um filho de 7 anos e moro em São Paulo, Capital.
  • Instituto Oncoguia - Como foi que você descobriu que estava com câncer? Janete - Em Dezembro de 2013 descobri um câncer de mama do lado esquerdo. Fiz mastectomia e esvaziamento da axila, mais quimioterapia e radioterapia. Em dezembro de 2015 passei mal, dei entrada no hospital e descobri que tinha metástase cerebral. No Dia 23 de dezembro fiz a cirurgia para retirada do tumor.
  • Instituto Oncoguia - Você apresentou sinais e sintomas do câncer? Quais? Janete - No de mama descobri através da mamografia, nenhum sintoma. No tumor cerebral, antes de ser diagnosticada, sentia muitas dores de cabeça e, quando passei mal, perdi a visão do lado esquerdo totalmente. Senti também formigamento na mão do lado esquerdo e a sensação de ter uma 'sirene' no olho esquerdo.
  • Instituto Oncoguia - Quais dificuldades você enfrentou para fechar o seu diagnóstico? Janete - Nenhuma dificuldade.
  • Instituto Oncoguia - Como você ficou quando recebeu o diagnóstico? O que sentiu? No que pensou? Janete - Na primeira vez, no câncer de mama, enfrentei o diagnostico super bem. Quando fiquei sabendo do diagnóstico da metástase cerebral, nem tive muito tempo de pensar no que estava acontecendo, já estava internada e quando recebi o diagnostico fui operada dois dias depois.
  • Instituto Oncoguia - Qual foi a sua maior preocupação neste momento? Janete - Na de mama era a quimioterapia, a queda de cabelo, etc... No de cérebro, era sair com vida e curada após a cirurgia.
  • Instituto Oncoguia - Você já começou o tratamento? Em que parte do tratamento você se encontra nesse momento? Se já finalizou, conte-nos um pouco sobre como foi enfrentar todos os tratamentos? Janete - No câncer de mama fiz 8 sessões de quimioterapia e 25 semanas de radioterapia. Agora, no tumor metastático cerebral, após a cirurgia de retirada, já dei inicio ao tratamento. Não precisarei fazer quimio, apenas radiocirurgia no local. Ainda não sei quantas sessões, já fiz todos os exames e a mascara para o procedimento, aguardando o planejamento de quantas sessões.
  • Instituto Oncoguia - Em sua opinião, qual é o tratamento mais difícil? Por quê? Janete - Pra mim a quimioterapia foi o pior. Como da outra vez fiz radioterapia em varias sessões mas com o tempo menor do procedimento e agora só farei a radiocirurgia, mas com o tempo de procedimento e carga maior, ainda não faço ideia de como será.
  • Instituto Oncoguia - Você sentiu algum efeito colateral diante ao tratamento? Como lidou com isso? O que te ajudou? Janete - Quando diz a quimioterapia senti vários efeitos colaterais. Enjoos, cansaço, queda de cabelo, fiquei depressiva, senti dores nas articulações, muito frio, enfim... Efeitos da quimio vermelha e branca. Enfrentei com muita fé e coragem.
  • Instituto Oncoguia - Como foi/é a sua relação com seu médico oncologista? Janete - É mais que médico. Uma relação aberta, sempre disposto a nos ajudar com informações, tirar duvidas...Temos uma enorme confiança nele.
  • Instituto Oncoguia - Você se relacionou com outros profissionais? Se sim, quais e por quê? Janete -
    Câncer de Mama: Ginecologista, Mastologista, Cirurgião Plástico, Oncologista, Radiologista.
    Câncer de Cerebral: Oncologista, Neurocirurgião, Neurologista, Radiologista.
  • Instituto Oncoguia - Você fez ou faz acompanhamento psicológico? Se sim, conte-nos um pouco sobre a importância desse profissional nessa fase da sua vida. Janete - Não fiz.
  • Instituto Oncoguia - Como está a sua vida hoje? Janete - No primeiro diagnostico, depois do tratamento, tive uma vida normal. Seguindo com o acompanhamento. No segundo diagnostico, agora que estou iniciando o tratamento, a radiocirurgia, mas depois que fiz a cirurgia de retirada do tumor cerebral, tenho uma vida normal !!
  • Instituto Oncoguia - Você continua trabalhando ou parou por causa do câncer? Janete - Já não trabalhava fora antes.
  • Instituto Oncoguia - Você buscou seus direitos? Se sim, quais? Janete - Sim, somente o uso do FGTS do meu esposo.
  • Instituto Oncoguia - Quais são seus projetos para o futuro? Janete - Após terminar a radiocirurgia já quero voltar a minha rotina, tenho planos de cursos e também de escrever minhas experiências com o câncer.
  • Instituto Oncoguia - Que orientações você daria para alguém que está recebendo o diagnóstico de câncer hoje? Janete - Nunca perca a fé em Deus, enfrentar o que tiver, sempre acreditar na cura e manter sempre o coração feliz, isso nos ajuda a vencer o câncer.
  • Instituto Oncoguia - Como você conheceu o Oncoguia? Janete - Internet, fazendo pesquisas.
  • Instituto Oncoguia - Você tem alguma sugestão a nos dar? Janete - Encontrei poucos depoimentos de câncer de mama com metástase cerebral.
  • Instituto Oncoguia - O que você acha que deveria ser feito para melhorar a situação do câncer no Brasil? Deixe um recado para os políticos brasileiros! Janete - Precisa ser mudada com urgência a forma que são tratados e conduzidos os pacientes que fazem ou pelo menos tentam o tratamento pelo SUS. Desde a prevenção, diagnostico, tratamento e medicação. É lamentável o que está acontecendo no nosso País, precisa de muita, mais muita conscientização de nossos políticos.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive