Espaço do

Paciente


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Apoio

[Câncer de Ovário] Elenice dos Santos Palhano

Aprendendo Com Você



Essa entrevista foi preenchida em 14/04/2017

  • Instituto Oncoguia - Quem é você? (idade, profissão, tem filhos, casada, cidade e estado?) Elenice - Meu nome é Elenice, tenho 47 anos, sou casada, não tenho filhos e moro na cidade de Lages, SC.
  • Instituto Oncoguia - Como foi que você descobriu que estava com câncer? Elenice - Minha barriga cresceu e eu não tinha apetite. Procurei um gastro que falou que eu estava com uma hérnia e decidiu operar. Quando eu acordei da cirurgia, o médico disse que tinha tirado uma hérnia enorme e os meus ovários que estavam comprometidos. Ele mandou os ovários pra biópsia e quando veio o resultado eu quase tive um treco. Era adenocarcinoma seroso de alto grau estádio 4 com metástases no intestino e epiplon.
  • Instituto Oncoguia - Você apresentou sinais e sintomas do câncer? Quais? Elenice - Inchaço abdominal e falta de apetite.
  • Instituto Oncoguia - Quais dificuldades você enfrentou para fechar o seu diagnóstico? Elenice - A demora do resultado da biópsia.
  • Instituto Oncoguia - Como você ficou quando recebeu o diagnóstico? O que sentiu? No que pensou? Elenice - Em choque total. Senti um desespero tão grande, uma dor tão grande, uma tristeza em dar a má notícia pra família, um sentimento de morte próxima.
  • Instituto Oncoguia - Qual foi a sua maior preocupação neste momento? Elenice - Dó da minha família, especialmente do meu marido. Não queria que eles sofressem por mim.
  • Instituto Oncoguia - Você já começou o tratamento? Em que parte do tratamento você se encontra nesse momento? Se já finalizou, conte-nos um pouco sobre como foi enfrentar todos os tratamentos? Elenice - Já terminei o tratamento. Fiz cirurgia e 6 sessões de quimioterapia. Estou em remissão.
  • Instituto Oncoguia - Em sua opinião, qual é o tratamento mais difícil? Por quê? Elenice - Foram as duas cirurgias. Após 9 dias da cirurgia abdominal, tive uma infecção muito grande. Fiquei hospitalizada novamente.Tiveram que abrir a cirurgia sem anestesia por causa da infecção e deixaram aberta para drenar, demorou 21 dias para fechar. Depois disso tive alta e duas semanas depois tive derrame pleural. Fiz uma cirurgia toráxica e fiquei com dreno no tórax por 6 dias. Foi tudo muito sofrível.
  • Instituto Oncoguia - Você sentiu algum efeito colateral diante ao tratamento? Como lidou com isso? O que te ajudou? Elenice - Sim. Após cada sessão de quimioterapia sentia enjoo, vômitos, dores nas pernas, amargor na boca e dormência nos de dos das mãos e pés.
  • Instituto Oncoguia - Como foi/é a sua relação com seu médico oncologista? Elenice - Muito boa. Ele é uma pessoa formidável, muito compreensivo. Adoro ele.
  • Instituto Oncoguia - Você se relacionou com outros profissionais? Se sim, quais e por quê? Elenice - Sim. Com um coloproctologista. Precisei fazer colonoscopia.
  • Instituto Oncoguia - Você fez ou faz acompanhamento psicológico? Se sim, conte-nos um pouco sobre a importância desse profissional nessa fase da sua vida. Elenice - Nunca fiz.
  • Instituto Oncoguia - Como está a sua vida hoje? Elenice - Normal. Me alimento bem, durmo bem, passeio bastante, faço cursinho de artesanato, viajo sempre que posso, curto bastante a natureza, vou na igreja buscar força em Deus.
  • Instituto Oncoguia - Você continua trabalhando ou parou por causa do câncer? Elenice - Eu já era aposentada por problemas na coluna.
  • Instituto Oncoguia - Você buscou seus direitos? Se sim, quais? Elenice - Sim. FGTS, isenção de IPTU.
  • Instituto Oncoguia - Quais são seus projetos para o futuro? Elenice - Fazer algumas reformas na minha casa, continuar meus cursinhos de artesanato, curtir bastante o meu marido e os meus animaizinhos de estimação, passear e principalmente fazer um trabalho voluntário para ajudar as pessoas que passam pelo mesmo problema.
  • Instituto Oncoguia - Que orientações você daria para alguém que está recebendo o diagnóstico de câncer hoje? Elenice - Chore tudo o que tiver que chorar, depois levante a cabeça, busque força em Deus e lute com todas as suas forças.
  • Instituto Oncoguia - Como você conheceu o Oncoguia? Elenice - Indicação do grupo Câncer de Ovário no Facebook.
  • Instituto Oncoguia - Você tem alguma sugestão a nos dar? Elenice - Não.
  • Instituto Oncoguia - O que você acha que deveria ser feito para melhorar a situação do câncer no Brasil? Deixe um recado para os políticos brasileiros! Elenice - Não acredito mais nos políticos.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive